sábado, 13 de outubro de 2012

O voluntariado e eu - Hospital Ophir Loiola





Núcleo Pediátrico de Quimioterapia do Hospital Ophir Loiola





Adoro o meu trabalho e todo o conforto emocional que ele me traz, mas o voluntariado parece a minha cina. Falou em crianças carentes de qualquer coisa que basta para eu me derreter. Os bonequinhos de papel feito pelas crianças do Núcleo pediátrico do Hospital Ophir Loiola são a prova cabal de minha total falta coração com relação as minhas próprias necessidades, mas fazer o que né.





Foi muito legal, as crianças saiam da sala, mal-humoradas por causa dos efeitos colaterais da quimioterápia e davam de contra comigo passando tinta no rosto e brincando com bonequinhos de papel. Muitas estavam manhosas querendo o colo da mamãe, mas isso é normal.





Fiquei muito feliz de ter podido ajudar.


quinta-feira, 15 de março de 2012

PINTAMUNDO




As crianças, as tintas e os sólidos

A pintura é um dos objetos comunicativos mais antigos da humanidade, desde as pinturas rupestres até os adornos e simbolismos corporais dos índios. A pintura trabalha dentro de ações humanas relatando e materializando suas formas de sentir e ver o mundo.
A sociedade atual vive um contexto de poluição que ultrapassa os limites da tolerância, logo não haverá mais espaço para pessoas somente para resíduos sólidos produzidos em escala industrial.
Pintamundo é uma visão liberta dos, ditos, materiais adequados e busca nos objetos sólidos jogados no mundo as possibilidades de produção artística visual. Nas esquinas estão inúmeras vasilhas plásticas, portas de madeira, janelas e tantos outros resíduos despejados nas ruas das cidades.
Esse grupo de atividades faz parte não apenas do plano real, mas do plano possível, ou melhor, acessível das crianças. Qualquer tinta serve para pintar e toda coisa sólida grande ou pequena vira "papel".
Pintamundo é de grande relevância para produção de objetos decorativos e principalmente para reaproveitar objetos que normalmente agridem o meio ambiente.
         Coletar materias sólidos no lixo que possibilitem trabalho de pintura; produzir figuras humanas nos sólidos discutir sempre a importância do meio ambiente limpo. Contextualizar a origem dos materiais coletados em jogos educativos, brincadeiras de roda o que abrirá espaço para discutir o local onde as crianças se encontram. Usar os materiais produzidos para adornar o ambiente da criança, os objetos virarão vasos, porta trecos e outros objetos de uso decorativo.